quinta-feira, 5 de setembro de 2013

"You Is Kind. You Is Smart. You Is Important..."





O Up Above The World, é um blog de moda, de vida, de partilha, sei lá, às vezes é o meu porto seguro e quando não me apetece falar, escrevo, na esperança que vocês gostem e, principalmente, que se identifiquem.




A única forma de se identificarem é se eu for real, sem aquela vida perfeita, sem aquele corpo escultural e a felicidade melosa que teima em deixar-nos ainda mais frustradas!
É esse o motivo, que me leva a levantar a voz contra a imagem que os media, direccionados ao público feminino, passam do padrão de mulher perfeita ou até mesmo do padrão de beleza.
Actualmente temos dois padrões, igualmente errados (não me matem já, mas este é o meu ponto de vista!), as "I Don't Give a Fuck" e as "Psico-Killers"!
Vocês acreditam mesmo, quando aparece na internet, aquela imagem da Top-Model a comer Mcdonalds, chocolates, chantilly à colher, barras de toucinho, porcos no espeto, doce de ovos?
Não são reais! Experimentem fazer o que elas "dizem" fazer durante um mês e preparem-se para o resultado!
As "I Don't Give a Fuck" mordem o hamburguer para a foto e deitam fora imediatamente, ou, se o comem realmente, castigam-se durante semanas no ginásio!
As "Psico-Killers" aquelas divas do ginásio, deusas da dieta, budas das passereles e dos editoriais de moda, aquelas que são as pacientes mais fáceis para um ortopedista, pelo contrário, cultivam a cultura da fome.
Mas o que as liga?
A imagem irreal que dão da mulher, a imagem errada que passam às adolescente e futuras mulheres, a distorção que provocam do padrão de beleza saudável e feliz!
Não sou contra o exercício, maquilhagem, moda, e cuidados, não defendo, longe disso, a "masculinização" da mulher, defendo sim a felicidade em todos os tamanhos, formas e feitios!
É verdade que sou adepta de regimes alimentares cuidados e regrados, que sou adepta de exercício, que sou adepta de um corpo tonificado e bonito, mas sou adepta das coisas verdadeiras, dos corpos verdadeiros e da beleza real. De que serve sofrer a olhar para revistas, quando o photoshop engoliu a modelo, mesmo antes do primeiro flash?
Quando andava pelo Facebook, vi, numa partilha feita por uma amiga, o artigo que me motivou a escrever sobre este tema, que pessoalmente me tira do sério, o artigo mostra os corpos "photoshop" e os corpos reais das "musas" deste século.



Jennifer Lopez




Misha Barton




Kate Moss




Cameron Diaz







Eu sei que a celulite não vende, a não ser que nos queiram impingir cremes, mas é preciso ser tão radical ao ponto de fazer desaparecer a pessoa real?
Quantas das minhas leitoras têm celulite? - Eu Tenho!
Quantas das minhas leitoras têm gordura localizada? - Eu Tenho!
Quantas das minhas leitoras comem uma barra de chocolate quando estão em baixo, ou quando vos apetece mesmo? - Eu Como!
Quantas das minhas leitoras odeiam tirar fotos em biquíni, porque têm medo daquela bossa que parece um duplo rabo? - Eu Tenho!
Quantas das minhas leitoras usam cinta? - Eu Uso!
Podemos mudar isso? - Podemos, mas de forma real, e principalmente realista!
Se têm 1,55m como eu, sabem que não vão crescer até 1,90m, se tiverem tendência a engordar, sabem que o dia da batota tem de ser controlado, se forem preguiçosas, sabem que precisam de motivação extra, mas o que têm de saber é que são lindas no matter what, porque são reais!



<a href="http://www.bloglovin.com/blog/4271407/?claim=8xh9srrevjm">Follow my blog with Bloglovin</a>

6 comentários:

  1. Gostei mesmo mesmo muito deste post e das tuas palavras! E assino por baixo! Estou um pouco cansada de ver nos media sempre a imagem da mulher perfeita encaixada em determinados parâmetros determinados não sei bem por quem.
    Vamos só ser felizes! ;)

    ResponderEliminar
  2. E o melhor? A imagem que vendem as mulheres em nada se equipara às imagens que os homens gostam. Eles querem rabo, peito, barriguinha nada ossuda, um rosto composto e não a cara da fome. E mais? Meninas...aceitem o que são, quem são e como são. Nada deixa uma mulher mais bonita do que a confiança nela mesma. Belas palavras ;)

    ResponderEliminar
  3. Um grande viva às mulheres reais ! E ao teu post, assino por baixo ;) Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Esta realidade que descreves é injusta e frustrante para as raparigas e mulheres de hoje, que mesmo gostando da sua aparencia parecem ter sempre que corresponder a um padrao que nao existe. Por isso, um grande viva
    às mulheres reais, e a ti e ao teu post.

    Grande beijinho.
    Mariana.

    ResponderEliminar
  5. Um grande viva às mulheres reais ! E ao teu post, assino por baixo ;) Beijinho

    ResponderEliminar