terça-feira, 10 de setembro de 2013

O LARGO - SHOW ME THE MONEY




Se querem ser humilhados, então O LARGO, é o local ideal para um café inesquecível...
Há uma hora atrás depois de uma tarde de compras com a minha irmã, decidimos parar no nosso spot habitual, no Chiado, para um café e o resultado não podia ser melhor...





"O LARGO", na Rua Serpa Pinto, em pleno Chiado, costuma, pela sua esplanada fantástica, ser um ponto de paragem obrigatória, mas hoje a experiência mudou drasticamente.
Assim que entrámos na esplanada, o funcionário, olhando, para mim e para a minha irmã, de alto a baixo com a pior cara de nojo possível, achou por bem, avisar-nos que o preço do café no restaurante são 2€. Admito que fiquei com a maior cara de parva do mundo, o senhor resolveu insistir, "ficam a saber que o café aqui são 2€", a vontade no momento era sair dali a correr mas resolvi ficar e beber o "meu" café.
Contrariado com a presença de duas "pelintras", apostou num serviço "low cost", longe do habitual, e claro, trouxe o café mais queimado que conseguiu tirar, porque isto de ser pobre só dá mesmo para café queimado, imaginem o choque que seria para nós beber um café decente?
Fiquei e bebi, aviso que o meu estômago está a reclamar desde então, sendo dura na queda não podia ter tomado outra decisão se não ficar.
Resta-me perguntar e entender, visto ser cliente habitual, nunca reparei que o restaurante se reservava o direito de admissão, nem que, num momento tão dramático da economia portuguesa, podiam dar-se ao luxo de maltratar clientes desta maneira arrogante
Se futuramente passarem por lá, tenho alguns conselhos: 

  • Levem uma garantia bancária
  • Colem uma nota na testa
  • Vistam a roupa de domingo
  • Levem o ouro posto
Ou simplesmente escolham outro local, onde a idade e o aspecto não sejam impedimento para um serviço de excelência.

1 comentário:

  1. Este tipo de atitudes dá-me náuseas, confesso que recentemente eu e uns amigos fomos super mal atendidos num café em dia de jogo de futebol, os nossos pedidos nunca chegaram e ainda fomos tratados com a maior arrogância do mundo..e nós com pena que têm poucos clientes e é a crise..bla bla.. espero que isto não se transforme num mal geral

    ResponderEliminar