terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Oh Damned!



Mas aparentemente não...
Aparentemente uma mensagem na noite de Natal, pode trazer-te a paz que precisavas...
Durámos um mês, consumimo-nos como um fogo, terminámos com uma explosão atómica de fúria, raiva, palavras que nunca deviam ter sido ditas, coisas que nunca deviam ter sido feitas...
Saí magoada como nunca me tinha acontecido, mas principalmente fiquei com um assunto por resolver, ficámos com conversas por ter, com um final por resolver, e de repente... É Natal e chega-te a mensagem da última pessoa que esperavas, com um pedido de perdão, não desculpas, mas perdão...
Adoro o Natal, tem sempre uma forma distorcida de nos fazer sentir melhor...

Sem comentários:

Enviar um comentário