quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Oversized, Overweighted, Overdressed...


O Inverno é, desde sempre, uma estação em que procuramos conforto...
O conforto de um sofá confortável;
O conforto de uma manta fofinha;
O conforto de um bom filme;
O conforto de um chá quente;
O conforto de um Domingo de indulgência, passado enroladas no sofá, com o nosso pijama preferido, com o cabelo despenteado e só com os restos da maquilhagem da noite anterior (esta é a altura em que, eu começo a chorar desalmadamente, porque, depois de uns bons 10 minutos a tentar lembrar-me do meu último domingo destes, não consegui).
É também uma estação em que procuramos o conforto na nossa roupa, o conforto do aquecimento que os tecidos oferecem, e procuramos o conforto que nos dá, conseguirmos esconder aqueles quilinhos a mais que o frio trás, com as peças oversized que povoam este ano as prateleiras de todas as lojas.
O look oversized rapidamente pode cair em overweighted e overdressed, quando não equilibramos bem as peças. É uma utopia, achar que não vamos parecer um pote se, a uma malha oversized juntarmos umas calças do mesmo modelo e, à mistura uma gola de malha com a finalização das boas das botas pantufa... Além de pote vamos parecer saídas de uma longa hibernação, durante a qual não só ganhámos uma tonelada, como também, encolhemos uns centímetros.
Por isso, o segredo é simples... Equilíbrio, se usarmos uma maxi-shirt complementamos com umas skinny jeans ou umas leggings; se optarmos por umas calças oversized temos de marcar o tronco.
Easy as Hell, i know...sem desculpas para falhar MAS com um aviso, com luzes neon a brilhar à volta e sinais de perigo, com um look indulgente, não podemos ser indulgentes com mais nada, portanto sair de casa com o cabelo por arranjar, e cara de cama está absolutamente proibido, a não ser que estejam numa espiral maníaco depressiva , com uma grande dose de psicose à mistura.














Sem comentários:

Enviar um comentário