terça-feira, 18 de setembro de 2012

Lord Save The Vogue!



A Vogue lançou o artigo que vai mudar a vida de todas nós que compramos online!
Com 10 conselhos que vão revolucionar a nossa maneira de comprar e nos vão trazer ainda mais vantagens!


1 – Pros e Contras: vantagens em comprar pela Internet - não só pode fazer compras de onde, onde e quando quiser, como tem acesso mais facilitado a alguns produtos que talvez sejam mais complicados de encontrar na cidade. O único e verdadeiro inconveniente do e-shopping é que não pode nem provar nem tocar nas peças. Portanto, convém pensar bem no tamanho que escolhe, e conferir atempadamente as condições de troca e devolução.
2 – Saldos e Promoções: As promoções online começam mais cedo e, consequentemente, atingem percentagens de desconto mais altas em comparação ás lojas verdadeiras.
3 – Inscreva-se na Newsletter: Receber a newsletter de um e-shop é o modo mais fácil de ser avisada das promoções. Tornando-se cliente, saberá de promoções exclusivas e vendas privadas.
4 – Faça uma whishlist: Na maioria dos sites, pode criar-se uma lista de desejos. Este serviço dá acesso a promoções pontuais nos artigos presentes na lista. E, de qualquer das maneiras, recebe emails informativos sobre os produtos escolhidos, como se estiverem a acabar ou a entrar em promoção.
5 – Ponha “ I like” nas suas marcas preferidas: Muitas vezes, os amigos de Facebook das marcas usufruem de ofertas exclusivas e têm acesso a códigos promocionais.
6 – Atenção as compras fora da europa: Tenha cuidado ao comprar num site fora da comunidade europeia. O transporte pode acarretar taxas extras e o pacote pode ser retido na alfândega.
7 – Entregas e Transporte: As despesas e rapidez de transporte nem sempre estão nas mãos do e-commerce. Controle sempre as condições de expedição. Em alguns sites, se pagar um extra pelo despacho Express, o produto chega mais rapidamente.
8 – Não confie em sites duvidosos: Existem sítios com uma sólida reputação mas, infelizmente, também há os que vendem peças de marca a preços dúbios. O conselho é desconfiar de ofertas vantajosas e controle se o site não é uma burla.
9 – A internet não serve só para comprar mas também para vender: Sem contar com o eBay, existem formas mais sofisticadas para desembaraçar-se da roupa e acessórios que não usa mais. Privategriffe é um dos exemplos onde pode abrir gratuitamente a sua própria boutique online para vender e comprar peças de moda. O Etsy é outro do género.
10 – Compare: aproveite a vantagem de poder visitar mais do que um destino sem sair do lugar e seja exaustiva na sua busca, para que possa encontrar o design que mais gosta ao melhor preço.

In Vogue

Sem comentários:

Enviar um comentário